quarta-feira, 7 de julho de 2010

EU QUERO COMPRAR UM CARRO USADO. COMO FAÇO??


Amadas amigas do blog é com grande satisfação que saúdo a todas neste dia maravilhoso.

Hoje trago uma dica interessante para as ladys que precisam comprar carro usado com segurança . A matéria é assinada pela nossa Bbel no site Bbel um estilo de vida.

Aproveitem lindinhas, para não jogar dinheiro fora:

A matéria inicia dizendo que com o fim do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) que garantia a redução de até 11% sobre a compra dos veículos novos, muitas pessoas voltaram a optar pela compra de um carro usado. Porém, é importante analisar alguns itens no veículo usado para evitar dores de cabeça e gastos extras.

O consultor técnico Antonio César Costa da rede Oficina Brasil é categórico ao afirmar que os problemas muitas vezes não são perceptíveis de imediato. Segundo ele, os problemas com o motor são os que mais preocupam devido ao alto custo de reparação.

Para comprar o seu veículo usado com segurança e qualidade faça um check list com atenção antes da compra, fuja de ambientes escuros e dê preferência à luz do dia para observar melhor todos os detalhes!

Carro usado: sinais que podem significar problemas à vista

Problemas com o carro usado

* Perceba se há marcas de óleo ou água no chão, pois isso pode indicar possíveis vazamentos. Se o veículo solta fumaça, pode indicar queima de óleo. A queima de óleo demonstra desgaste das peças internas do motor, que pode precisar a qualquer momento de uma retífica. Outro detalhe importante: carros com queima de óleo não passam na inspeção veicular obrigatória em São Paulo e em grande parte do território brasileiro.

* Barulhos como rangidos ou algo batendo dentro do motor evidenciam que existem peças gastas e que uma retífica poderá ser necessária em breve.

* Dificuldades para dar a partida, motor parando de funcionar a toda hora (morrendo) ou sensação de que o carro parece "amarrado" e não deslancha, podem ser problemas na injeção eletrônica que precisam no mínimo de limpeza.

* Água do radiador muito suja, com alto grau de ferrugem, vazamentos de óleo e pneus com desgaste muito irregular, indicam que se trata de um veículo usado mal conservado e que poderá apresentar outros problemas rapidamente.

* Não esqueça de verificar se o carro está equipado com o extintor de incêndio e se o mesmo não está com o prazo de validade vencido. Dirigir um veículo sem extintor de incêndio ou fora das condições exigidas pode gerar multa de R$ 127,69 e perda de cinco pontos na carteira.

Dicas práticas para o carro usado:

Mecânico do carro usado

Faça uma visita ao mecânico

Caso o proprietário do veículo se recuse a levar o automóvel a um mecânico de sua confiança, desconfie. É imprescindível que o carro usado passe por uma revisão para constatar se realmente ele está de acordo com as afirmações do proprietário.

Confira a quilometragem

A quilometragem normal de um automóvel gira em torno de 15.000 km ao ano. Para ter a certeza de que o hodômetro não foi alterado, continua valendo a dica de observar a conservação do veículo. Outra dica: veja no manual do proprietário se foram feitas revisões nas concessionárias e compare a quilometragem e as datas das revisões com a quilometragem atual.

Preste atenção aos comandos do carro

Verifique a parte elétrica, testando todos os comandos, como faróis, pisca alerta, buzina e funcionamento do marcador de combustível. Não esqueça do cinto de segurança, um item essencial que deve estar em boas condições.

Peça notas fiscais de consertos realizados

Verifique as datas das últimas trocas de filtros (ar, combustível, óleo, etc.) e das reparações realizadas recentemente com troca de peças, como: escapamento, pastilhas de freio, amortecedores, correia dentada; e solicite as notas fiscais caso os serviços ainda estejam na garantia. Para garantir segurança e qualidade, ao comprar o carro usado, troque o óleo do motor e fluído de freio.

A lataria do carro usado

Olhe o perfil do carro detalhadamente para perceber se há ondulações. Na dúvida bata na lataria e ouça se há diferença de som para descobrir pontos com massa plástica. Ou passe um imã encoberto com um pano sobre os locais suspeitos. Na lata, o imã vai aderir firmemente. Se houver massa plástica em alguns pontos, o imã se desprenderá. Veja se o capô e as portas encaixam quando fechados. Caso haja diferença ou sobra pode indicar que o carro já foi batido.

Carro usado com garantia de 90 dias

Comprar um carro usado diretamente de outra pessoa (no caso, particular), de acordo com o Código de Defesa do Consumidor, não constitui uma relação de consumo, já que a pessoa física não é considerada um fornecedor habitual. Adquirindo o carro em lojas ou concessionárias, o comprador pode contar com uma garantia legal (prevista pelo Código) de 90 dias sobre eventuais defeitos que vierem a ocorrer no veículo.

Como comprar o carro usado

Atente-se às numerações na hora de comprar o carro usado

Verifique a numeração do chassi no documento, nos vidros e em outras partes do carro como no bloco do motor. Perceba se estão adulterados ou com sinais de terem sido regravados. Atente-se aos dados da placa, ano-modelo e cor do veículo na documentação. Faça um levantamento de multas, bloqueios de IPVA, alienação ou reserva de domínio e também se o carro figura na lista de furtados ou roubados no departamento de trânsito da sua cidade.

Leia antes de assinar o documento de compra do carro usado

Nunca assine o termo: "nas condições em que se encontra". Muitos revendedores de carros usados tentam incluir esse termo nos documentos. Caso assine, qualquer problema com o carro usado ao sair da loja será exclusivamente seu. Leia antes de assinar. Revendedores sérios acabam oferecendo garantias maiores que as exigidas por lei.

Essas e outras dicas podem fazer toda diferença na hora de comprar um veículo usado. Bons negócios!

Abraços carinhosos com votos de sucesso para todas.

Lady Chic

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário